Chineses rendidos aos Vinhos de Lisboa

8 SETEMBRO 2014
O mercado chinês ficou, mais uma vez, rendido aos Vinhos de Lisboa, como mostram os resultados do concurso China Wine & Spirit Award, que atribuíram 34 medalhas aos vinhos desta região.

Dos 83 vinhos portugueses distinguidos no concurso, a região vitivinícola mais premiada foi a de Lisboa, que trouxe para Portugal 40% das medalhas atribuídas pelo júri. No total, para Lisboa, foram 6 medalhas de duplo ouro, 11 de ouro, 11 de prata e 6 de bronze.

Os produtores da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa) que foram galardoados neste concurso foram a Casa Santos Lima – Companhia das Vinhas, a DFJ Vinhos, a Sociedade Agrícola Quinta do Conde, Inês Alexandra Leal Bernardino e Adraga – Explorações Vitivinícolas.

Destaque para os produtores Casa Santos Lima, distinguido com 16 medalhas: 1 duplo ouro, 6 de ouro, 5 de prata e 4 de bronze, e para DFJ Vinhos que conquistou 13 medalhas: 3 duplo ouro, 3 de ouro, 5 de prata e 2 de bronze.

Já em 2013 os resultados tinham sido bastante favoráveis aos Vinhos de Lisboa, com um total de 30 medalhas entregues aos nossos vinhos e a atribuição do melhor produtor português à DFJ. Este ano continuamos com excelentes resultados, conquistámos mais 4 medalhas relativamente ao ano passado e esperamos, em 2015, conseguir, novamente, um resultado que traduza o esforço que temos feito em apostar na qualidade dos nossos vinhos e mostrá-lo, não só a Portugal, mas, cada vez mais, ao resto do mundo”, explica Vasco d’Avillez, presidente da CVR Lisboa.

De acordo com o responsável, os vinhos distinguidos neste concurso são tidos como referência nas decisões de compra ao longo do ano, pelo que o impacto comercial é sempre significativo.

O China Wine & Spirit Awards 2014 recebeu para prova um total de 5.375 vinhos e bebidas espirituosas, provenientes de 35 países.