Electrolux compra a divisão de eletrodomésticos da General Electric

9 SETEMBRO 2014
A Electrolux AB acordou a compra do negócio de eletrodomésticos da General Electric, por um montante de 3,3 mil milhões de dólares, cerca de 2.547 milhões de euros.

Esta é, até à data, a maior compra da Electrolux e cria uma empresa com receitas anuais de 22,5 mil milhões de dólares.

O negócio coloca o grupo sueco a par da líder Whirlpool no mercado norte-americano. Analistas consultados pelo Bloomberg revelam que cada empresa irá controlar 40% do mercado. No ano passado, a unidade de negócio de eletrodomésticos da General Electric gerou vendas no valor de 5,7 mil milhões de dólares, 4% das receitas totais do conglomerado norte-americano.

Para além de potenciar a presença da Electrolux na América do Norte, onde a GE gera mais de 90% das suas vendas, esta compra assegura ao grupo sueco uma participação de 48,4% na empresa de eletrodomésticos mexicana Mabe.

A Electrolux poderá continuar a usar a marca GE, durante um período de 40 anos. A transação deverá ainda gerar sinergias anuais de aproximadamente 300 milhões de dólares, sobretudo nas áreas do “sourcing”, operações, logística e marcas.

O negócio está sujeito à aprovação das autoridades competentes e deverá estar concluído durante 2015.

2014 tem sido, de resto, fértil em aquisições na área dos eletrodomésticos. A compra da divisão da GE pela Electrolux acontece dois meses após a Whirlpool ter assegurado uma participação maioritária na Indesit Company. Para o grupo sueco, este é o primeiro negócio deste 2011, quando comprou a Compania Tecno Industrial SA, por 690 milhões de dólares, tornando-se no maior fabricante de eletrodomésticos no Chile e na Argentina.

Com a cortesia da Revismarket.