Garland aumenta faturação no 1º semestre

10 SETEMBRO 2014
A Garland, nos primeiro semestre de 2014, faturou 46,4 milhões de euros, o que representa mais 2,8 milhões de euros em relação ao período homólogo do ano anterior. Entre as várias áreas de negócio do Grupo, a Logística e Transportes Internacionais ocupa mais de metade desta faturação, com 60%, sendo que a Navegação representa 30%. A restante fatia vai para a Distribuição de pneus (5%) e outros negócios (5%).

Bruce Dawson, presidente da Garland, explicou como o Grupo tem conseguido consolidar os negócios em tempos de crise, aumentando mesmo a faturação e o número de colaboradores. “É nosso apanágio investir em tempos de recessão e, num passado recente, não foi diferente. No entanto, a grande diferença é que agora a nossa estratégia é praticamente delineada de ano para ano, enquanto antes era a cinco anos. Basicamente, temo-nos concentrado no nosso ‘core business’”.

No primeiro semestre de 2014, o Grupo Garland aumentou o número de colaboradores para 300, mais 10 do que no ano transato. Bruce Dawson salienta, “Temos investido muito na formação de colaboradores e, felizmente, para além da manutenção de postos de trabalho, temos conseguido contratar”.

Para os últimos seis meses do ano, a Garland prevê consolidar estes resultados e fazer novos investimentos cirúrgicos, tanto em Portugal como noutros mercados estratégicos.