Resultados da Euronics International revelam divisão norte-sul

11 SETEMBRO 2014
As vendas da Euronics International totalizaram 17,6 mil milhões de euros no ano fiscal de 2013, um exercício onde o grupo de compras enfrentou difíceis condições de mercado.

O mercado europeu de eletrónica de consumo mantém-se dividido em dois. Analisando as receitas dos nossos membros, detetamos que houve uma divisão norte-sul em 2013”, assegurou Hans Carpels, presidente da Euronics International, numa conferência de imprensa realizada na IFA.

O presidente do grupo de comprar notou que a guerra de preços tem levado tanto os fabricantes como os retalhistas a retirarem-se de alguns mercados, o que, em 2013, afetou os operadores britânicos e turcos, entre outros.

Atualmente, a Euronics tem 27 membros em 31 países e cerca de 11 mil pontos de venda na Europa. Em janeiro, o grupo expandiu-se para a Suécia, com a integração da Electra, em abril para a Grécia, com a integração da Mega Electric, e em junho para o Cazaquistão, com o acordo com a Sulpak.

Com a cortesia da Revismarket.