Dimas Gimeno é o 3.º presidente da história do El Corte Inglés

17 SETEMBRO 2014
O El Corte Inglés nomeou o terceiro presidente da sua história. Dimas Gimeno, sobrinho do anterior presidente, Isidoro Álvarez, e Manuel Pizarro irão liderar o grupo de grandes armazéns numa nova etapa de crescimento.

Sem surpresas, o Conselho de Administração do El Corte Inglés nomeou o gestor de 39 anos como o novo presidente da empresa, numa decisão que assegura o legado familiar.

Nesta nova etapa, são vários os desafios que o El Corte Inglés terá de ultrapassar. Desde logo a expansão internacional, que tinha já sido mencionada por Isidoro Álvarez, na sua última aparição pública, como um dos objetivos do grupo.

Para além disso, as contas terão de ser consolidadas, após a recuperação demonstrada no último exercício. Manuel Pizarro, adjunto da empresa, terá aqui um papel determinante, numa função especificamente criada pelo antigo presidente com o fito da redução da dívida.

Nos últimos anos, no auge da crise financeira global, o volume de negócios do grupo foi contraindo exercício após exercício. No período de 2010 a 2013, o El Corte Inglés perdeu dois mil milhões de euros em vendas. Em contrapartida, no último exercício fiscal, os lucros aumentaram 6,2%.