NOTÍCIAS MAIS LIDAS
EDIÇÃO ONLINE

Jerónimo Martins lança operação grossista na Colômbia

Jerónimo Martins lança operação grossista na Colômbia

20 MARÇO 2017
A Jerónimo Martins vai abrir o seu primeiro cash & carry na Colômbia, sob a insígnia Bodega del Canasto, avançou à Lusa Pedro Soares dos Santos, presidente do grupo retalhista português. "Vamos começar uma nova aventura no dia em que fazemos quatro anos [da entrada no mercado]. Vamos abrir o primeiro 'cash & carry' na Colômbia”, disse em declarações à agência noticiosa. "Tal como tinha dito já há muito tempo, a ideia é experimentar tudo, procurar soluções que realmente possam ir ao encontro das necessidades" dos colombianos.

O primeiro cash & carry ficará localizado em Cúcuta, junto à fronteira com a Venezuela, em Cúcuta. O novo conceito, cujo investimento não foi revelado, vai gerar cerca de uma dezena de empregos.

A Jerónimo Martins entrou no mercado colombiano em 2013, com a inauguração da primeira loja Ara. No final do ano passado, o grupo contava neste mercado com 221 lojas e três centros de distribuição, dando emprego a 3.100 colaboradores. Entre 2012 e 2016, o investimento acumulado na Colômbia ascendeu a 180 milhões de euros. No ano passado, a Ara foi lançada na capital Bogotá e registou vendas de 236 milhões de euros, mais que duplicando face ao exercício anterior, considerando-se a moeda local. Este ano, a Jerónimo Martins pretende abrir, pelo menos, mais 150 lojas Ara.

O mercado grossista na Colômbia é atualmente dominado pela SHV Makro, que no final de 2016 operava 16 estabelecimentos. Com esta decisão, a Jerónimo Martins segue os passos do líder de mercado de retalho de base alimentar Éxito, que no ano passado abriu um conceito grossista, designado Surtimayorista, para apoio à sua rede de franchising Surtimax.