Analistas defendem compra de grande cadeia de eletrónica de consumo pela Amazon

19 SETEMBRO 2014
Os analistas estão a dar a sua aprovação à demissão do diretor financeiro da RadioShack, a emblemática cadeia norte-americana de eletrónica de consumo, após a publicação de mais resultados dececionantes. Um dos analistas, porém, está a propor uma solução drástica para dar a volta ao negócio da RadioShack: ser comprada pela Amazon.

A proposta de Rob Peck da Sun Trust Robinson Humphrey apoia-se na convergência entre o comércio eletrónico e o retalho físico, o que torna a RadioShack num ativo atrativo para a Amazon. “O comércio local permanece como a derradeira fronteira das plataformas de comércio eletrónico, uma vez que ainda é um mercado pouco explorado e com um elevado potencial para uma grande plataforma”, defende. As dificuldades da RadioShack são conhecidas de todos.

Segundo o The Wall Street Journal, a empresa depende de um pacote de financiamento de 585 milhões de dólares para se manter à tona, tendo até sido equacionada a hipótese de vir a apresentar falência. Caso isto aconteça, Rob Peck defende que a Amazon pode considerar ficar com algumas das mais de 4.000 lojas da cadeia, o que potenciaria aposta da gigante do comércio eletrónico nos serviços locais, proporcionaria uma plataforma para expor seus os produtos e serviços, como o smartphone Fire e o Kindle, e melhoria as suas capacidades de distribuição e recolha dos produtos.

Com a cortesia da Revismarket.