Bens de Grande Consumo têm verão negativo

19 SETEMBRO 2014
Os bens de grande consumo decrescem -2,2% entre 14 de julho e 10 de agosto, segundo o Scantrends BGC Portugal da consultora AC Nielsen. As marcas de fabricante têm um ligeiro decréscimo de vendas (-0,3%) sendo as marcas da distribuição as que mais contribuem para a perda do BGC (-5,8%).

A alimentação continua a perder vendas (-2,5%). Nesta categoria, as MDD são responsáveis pelas vendas negativas da categoria (-6,2%) já que marcas de fabricantes estão estáveis (+0,3%).

As bebidas têm perdas significativas (-4,6%) sendo provavelmente o reflexo das condições climatéricas menos favoráveis. As marcas de fabricante perdem vendas pelo 2º mês consecutivo (-3,6%) mas as Marcas da Distribuição registam o maior decréscimo (-9%).

A categoria da higiene tem o melhor desempenho. Com a higiene do lar a manter a tendência (+2%), sendo que as marcas de fabricantes crescem (+3,1%) enquanto que as MDD+PP estão estáveis (-0,3%). Por sua vez, a higiene pessoal está estável, as marcas de fabricantes são as únicas que crescem (+1,2%), enquanto as Marcas da Distribuição continuam a perder (-3,8%).