Adega do Monte Branco cresce 20% em valor no primeiro semestre

22 SETEMBRO 2014
A Adega do Monte Branco, produtor vitivinícola da região de Estremoz, faturou mais 20% no primeiro semestre deste ano do que no período homólogo. Este crescimento deve-se não só ao aumento das exportações para os principais mercados como a Suíça, Canadá, Estados Unidos e Brasil, como também pelo crescimento das vendas nos segmentos Premium e Ultra Premium.

O produtor Luís Louro, que tem vindo a apostar continuamente em tecnologia e equipamento, inicia agora uma nova fase do projeto, com um investimento de 500 mil euros para plantação de vinhas e aumentar a capacidade de produção da Adega para 500.000 garrafas.

Luís Louro fala da importância deste investimento: “Ao longo de 10 anos de atividade temos crescido sempre. Em anos pré-crise o crescimento foi de 100%, depois houve um abrandamento que nunca desceu dos 20% e queremos continuar nesse caminho. A terceira fase de investimento do projeto representa o investimento em vinhas próprias e na construção da zona de armazenamento e logística, para continuarmos assim a ser competitivos e capazes de aumentar as vendas no mercado nacional e internacional”.

A Adega do Monte Branco está a preparar o lançamento de três novas colheitas até ao final deste ano – Alento Tinto 2013, Alento Reserva Tinto 2012 e Monte Branco 2011.