Ministro da Economia visita Vitacress

23 SETEMBRO 2014
António Pires de Lima visitou a sede da Vitacress Portugal, em Odemira, no Alentejo, e conheceu de perto a unidade agroindustrial da multinacional portuguesa, pertencente ao Grupo RAR, que centra a sua atividade na produção, lavagem e embalamento de produtos hortícolas de IV gama, ou seja, lavados e prontos a consumir.

A Vitacress produz anualmente cinco mil toneladas de saladas, 1.200 toneladas de batatas, 15,6 milhões de sacos embalados e 3,3 milhões de molhos de ervas aromáticas.

Durante a vista, Pires de Lima realçou o papel da Vitacress. "É uma empresa que por diversas vezes já havíamos querido incluir nos nossos roteiros agroindustriais". E acrescentou: "É um bom exemplo de quando se juntam a vontade empresarial de um grupo acionista português a equipas de gestão muito profissionais, com grande currículo nas áreas de consumo e produtos alimentares. E a produzir e vender não só no mercado doméstico, mas também pela Europa, numa atividade de exportação que é de realçar".

A Vitacress emprega, em Portugal, cerca de 250 pessoas e registou, em 2013, um volume de negócios que rondou os 21 milhões de euros. A Vitacress Ltd. está presente no Reino Unido, Portugal e Espanha, explorando cerca de 750 hectares agrícolas e 70 hectares de estufas de vidro.

Do total da produção em Portugal, 40% destina-se à exportação para vários países da Europa e África, nomeadamente para marcas de renome como El Corte Ingês, Marks&Spencer, Makro, Carrefour ou Kero. No mercado interno, o negócio é dominado através da marca própria e da produção para terceiros. A Vitacress fornece as principais cadeias de supermercados, como Continente, Pingo Doce, Lidl, Dia ou Auchan, detendo uma quota de mercado de 42%.