Bosch compra os 50% da Siemens na BSH

23 SETEMBRO 2014
Mais um episódio de concentração no sector europeu dos eletrodomésticos, com o Grupo Bosch a comprar os 50% da Siemens na joint venture Bosch und Siemens Haugeräte, GmbH (BSH).

Termina, assim, uma aliança que uniu os dois grupos alemães durante mais de 45 anos, com a BSH a passar a ser a 100% uma filial do Grupo Bosch. “A BSH é, desde há muito anos, uma empresa bem sucedida e rentável. Do ponto de vista estratégico e tecnológico, encaixa perfeitamente no Grupo Bosch”, assegura Volkmar Denner, presidente do Conselho de Administração do Grupo Bosch. “Com a aquisição de todas as participações na BSH pela Bosch, continuaremos a ter, também no futuro, um proprietário com forte orientação a longo prazo, que nos apoiará no nosso desenvolvimento estratégico”, acrescenta Karsten Ottenberg, diretor geral da BSH.

O negócio está avaliado em cerca de três mil milhões de euros e pressupõe que a BSH possa continuar a utilizar a marca Siemens. A transação está sujeita à luz verde das autoridades da concorrência e deverá estar concluída no primeiro semestre de 2015.

A Bosch e a Siemens formaram a sua aliança no sector dos eletrodomésticos em 1967, criando a BSH. A empresa converteu-se num dos maiores fabricantes europeus, com uma faturação consolidada de 10.500 milhões de euros em 2013. O interesse da Siemens em desfazer-se da sua quota na BSH deve-se à sua opção estratégica para se centrar noutros negócios “core”, nomeadamente energia, transportes e equipamentos de saúde.

Com a cortesia da Revismarket.