O que mais afeta os europeus é o aumento dos preços

19 MAIO 2014
Segundo identificou o Eurobarómetro especial, uma pesquisa realizada entre quase 28.000 cidadãos europeus, o problema que mais afeta pessoalmente os cidadãos da União Europeia é o aumento dos preços e da inflação. Assim, 38% dos cidadãos europeus acredita que estas duas questões estão a afetar a maioria deles pessoalmente, ao invés do desemprego (21%) e impostos (17%).

A situação muda em Espanha, onde o desemprego, com 43%, classifica-se como o primeiro problema. O segundo é a situação económica (28%) e o terceiro é o aumento dos preços (27%).

Quando perguntado aos cidadãos europeus sobre os problemas que mais afetam o seu país (em geral, não pessoalmente), a inflação passa ao terceiro lugar (20%). O primeiro problema é o desemprego (49%) e o segundo a situação económica (29%).

No que diz respeito a Portugal, a ordem é mantida, apesar dos níveis de suporte mudarem a cada resposta: para 77%, o principal problema do país é o desemprego, para 48% a situação económica e para 9% o aumento de preços.