Superbrands Portugal apresenta décima edição

29 SETEMBRO 2014
A Superbrands Portugal, organização independente que reconhece e elege as Marcas de Excelência no mercado português, apresenta a sua décima edição e convida 15 influentes personalidades, representativas das áreas de comunicação e marketing, a integrar o Conselho Superbrands, de forma a classificar as Marcas com maior notoriedade a operar no mercado nacional.

Em paralelo, foi realizado um estudo junto do consumidor, conduzido pela Netquest, onde foram eleitas, de forma espontânea, as Marcas que os consumidores consideram mais relevantes em atributos como “Marcas únicas, em que mais confia”, “Marcas com que se identifica”, “Marcas que satisfazem as suas necessidades” e “Marcas que considera mais conhecidas”. O apuramento das Marcas elegíveis ao Superbrands 2014 resultou da ponderação entre estas duas avaliações.

Os Conselheiros convidados para a 10ª edição do Superbrands Portugal são: Ana Paula Moutela (Diretora-geral do Grupo INDITEX); Beatriz Rubio (CEO da Remax Portugal); Carla Vidal Marques (Diretora de Marketing da Meo); Cristina Viegas e Costa (Diretora Comercial da RTP); Filipa Remígio (Diretora de Marketing da Artisana); Francisco Viana (Diretor central de Comunicação e Marca na CGD); João Lobo (Diretor de Marketing da RFM); Jorge Aguiar (Diretor de Marketing e Comunicação da Mercedes-Benz); José de Lemos Quintela (Presidente da APECOM); Manuela Botelho (Secretária-geral da APAN); Maria Inês Simas Figueiredo (Diretora de Sponsorship & Activation da Coca-Cola); Nádia Reis (Diretora de Relações-públicas e Ativação do Continente); Pankaj Parshotam (Diretor de Marketing Corporativo da Samsung); Pedro Dionísio (Professor Universitário) e Pedro Pimentel (Diretor-geral da Centromarca).

A par da eleição das Marcas de Excelência 2014, a Superbrands Portugal irá ainda distinguir, com o Prémio de Solidariedade Superbrands, uma organização do terceiro sector que se tenha destacado pela adoção de boas práticas na sua gestão de Marca. Este é o terceiro ano consecutivo que a organização atribui este galardão, tendo já distinguido o Banco Alimentar em 2012 e a Cruz Vermelha Portuguesa, no ano seguinte.