Vendas a retalho com o maior crescimento em nove meses

6 OUTUBRO 2014
O volume de venda do comércio a retalho na Zona Euro cresceu 1,2% em agosto face a julho, o que representa a maior subida desde novembro de 2013.

De acordo com os dados do Eurostat, face ao mesmo mês do ano passado, este indicador subiu 1,9%. A subida comparativamente a julho explica-se pelo crescimento de 1,7% nos combustíveis para automóveis e de 1,5% no alimentar.

No conjunto dos países da União Europeia, as vendas a retalho cresceram 1,4% relativamente a julho e 2,5% face a agosto de 2013.

Os maiores incrementos face a julho aconteceram na Alemanha e no Luxemburgo, ambos a crescerem 2,5%, e em Portugal e na Suécia, ambos com 2,3%. Já no mês anterior Portugal tinha registado um dos valores mais elevados (2,4%). As maiores quedas foram na Roménia e Eslováquia (-0,6%). Relativamente a agosto de 2013, as maiores subidas aconteceram no Luxemburgo (12,5%), Estónia (6,7%) e Reino Unido (5,6%).