Herdade das Servas abre restaurante com cozinha de base tradicional

20 OUTUBRO 2014
Os Carlos e Luís Serrano Mira, proprietários da Herdade das Servas, dão mais um passo no desenvolvimento do seu projeto com a abertura de um restaurante “a tempo inteiro”.

Situado na propriedade, mais propriamente no edifício da adega, cave, loja de vinhos e escritórios da Herdade das Servas, o Restaurante Herdade das Servas está aberto todos os dias, ao almoço e jantar, à exceção de terça-feira. Em regime de concessão, Paulo Baía é o empresário que está no comando deste novo projeto, assumindo não só a propriedade do mesmo mas também a chefia de sala. A cozinha é assegurada pela sua irmã, a chefe Maria da Fé Baía.

A refeição pode ser feita à carta ou elegendo um dos dois menus existentes: Vínico e de Degustação.

A Herdade das Servas acaba de lançar ainda o “Herdade das Servas Reserva tinto 2011”, disponível a um PVP recomendado de 18,16 euros. O “Herdade das Servas Reserva tinto 2011” é composto pela mistura das castas Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Aragonez e Petit Verdot.

Uma excelente proposta para acompanhar ‘Costeletas de Borrego Panadas’, ‘Bife Wellington’, um típico ‘Queijo de Ovelha Curado’ alentejano ou mesmo uma ‘Sopa Dourada’ à sobremesa, pratos que podem ser apreciados no Restaurante das Herdade das Servas”, diz o comunicado.

Foi também apresentado o mais novo elemento da “família” Herdade das Servas, o “Herdade das Servas Alicante Bouschet Reserva tinto 2011”. Disponível em garrafas de 750 ml, a um PVP recomendado de 15,13 euros, ou em estojos de três e quatro garrafas, a um PVP recomendado de 50 euros e 70,63 euros, respetivamente, vai estar em breve à venda em todo o país, na restauração e em garrafeiras e lojas de vinhos.