Mondelēz lança programa de sustentabilidade na Costa do Marfim

7 JUNHO 2013
A Mondelēz International estabeleceu um acordo com o Conseil du Café Cacao (CCC) do governo da Costa do Marfim para ajudar os agricultores a aumentar a produção de cacau e a criar comunidades prósperas.


A organização não-governamental CARE International vai liderar os projetos Cocoa Life na comunidade marfinense até 2016. "A oferta sustentável de cacau começa com comunidades agrícolas prósperas e uma agricultura mais eficiente resulta na segurança financeira dos agricultores", afirma Christine M. McGrath, vice-presidente dos Assuntos Externos e Cocoa Life na Mondelēz International. "A parceria é fundamental para criar uma mudança duradoura através do nosso programa Cocoa Life e, juntamente com o governo da Costa do Marfim e a CARE International, estamos a capacitar as famílias de agricultores de cacau a criar o modelo de comunidade em que eles e os seus filhos querem viver, promovendo a igualdade entre os sexos."

Como parte do acordo, o projeto Cocoa Life da Mondelēz International iniciou um projeto piloto na Costa do Marfim em parceria com a CARE Internacional, trabalhando em 11 aldeias para ajudar quatro mil agricultores a aumentar a sua produtividade no cultivo de cacau e salvaguardar a sustentabilidade de cerca de 40 mil membros da comunidade.

O projeto Cocoa Life prevê, também, trabalhar com o Centre National de Recherche Agronomique (CNRA) para combater a doença “Swollen shoot” em árvores de cacau, que recentemente afetou os produtores de cacau na Costa do Marfim. A equipa de investigação e desenvolvimento da Mondelēz International está a partilhar o seu “know-how” sobre o cultivo de cacau para ajudar o CNRA a desenvolver cacaueiros mais produtivos e resistentes a doenças.