Vinhos da Península de Setúbal aumenta exportação para Angola

23 OUTUBRO 2014
Nos primeiros nove meses deste ano, 4 milhões de litros de vinho da Península de Setúbal foi exportado para Angola. Um crescimento de 1 milhão e 476 mil litros face ao período homólogo que catapultou, este ano, a quota de mercado dos Vinhos da Península de Setúbal em Angola para os 17%. O mercado angolano representa atualmente 40% das exportações extra EU dos vinhos da região, sendo o principal destino fora da Europa.

O investimento nos últimos anos das entidades do sector e dos produtores da Península de Setúbal neste mercado, a par do aumento de qualidade dos vinhos da região e dos preços competitivos, explicam, segundo Henrique Soares, Presidente da Comissão Vitivinícola dos Vinhos da Península de Setúbal (CVRPS), os números alcançados. “Os números são muito encorajadores e queremos trabalhar cada vez mais este mercado”, garante Henrique Soares.

Em marcha está o plano estratégico de promoção internacional 2014/2015 dos Vinhos da Península de Setúbal, que tem como mercados prioritários Brasil, China e Angola. As ações de promoção no mercado angolano no mês de outubro contam com a 1ª Ronda Enogastronómica dos Vinhos da Península de Setúbal em Angola. Provas de vinhos, palestras e jantares de harmonização com gastronomia Angolana acontecerão em Luanda, Benguela e Huambo, a 22, 28 e 30 de outubro respetivamente. Os Vinhos da Península de Setúbal estarão ainda presentes no Angola Wine Festival que decorrerá entre os dias 23 e 25 de outubro em Luanda.

As ações de promoção contam este mês com a presença dos produtores da região: Adega de Pegões, Adega de Palmela, Bacalhôa – Vinhos de Portugal, Casa Ermelinda Freitas, José Maria da Fonseca, Quinta do Piloto, Herdade da Comporta, SIVIPA e Venâncio da Costa Lima.