Gigantes chineses dos eletrodomésticos e “e-commerce” aliam-se

7 JUNHO 2013

A segunda maior rede de lojas de eletrodomésticos chinesa, a Gome, aliou-se ao grupo Alibaba, um dos “gigantes” mundiais do comércio eletrónico, para impulsionar as suas vendas pela Internet.

A Gome vai utilizar o portal Tmall, que facilita a venda das empresas aos consumidores finais e conta com mais de 80 parcerias deste tipo.
Desde finais de 2012 que a Gome fundiu os seus dois sites de comércio eletrónico, Gome Online e Coo8.com, mas com este passo pretende concorrer melhor com a Suning, o seu principal rival no mercado chinês, cujas vendas “online” duplicaram no ano passado (com a cortesia da Revismarket).

A sombra silenciosa da Amazon
Lançada em abril de 2008, a Tmall é uma unidade de negócio do Grupo Alibaba que só existe como plataforma independente desde 2011. Rapidamente assumiu a liderança das vendas Business to Consumer (B2C) no mercado chinês, acompanhando o crescimento da própria Internet no país. O futuro afigura-se-lhe promissor, com muito espaço para progressão, tendo em conta a ainda fraca penetração da Internet na China

Tendo já ultrapassado o eBay, afirmando-se como o segundo maior “player” mundial na área do “e-commerce”, esta empresa asiática parece estar numa imparável trajetória ascendente e de olhos postos na liderança da Amazon. Até porque a A 11 de novembro de 2012, a Tmall conseguiu vender produtos no valor de 2,1 mil milhões de dólares. Só no primeiro minuto desse dia de vendas, mais de 10 milhões de consumidores visitaram o website da Tmall, num total de 213 milhões durante as 24 horas. A Tmall bateu, assim, os valores alcançados pela Amazon nos Estados Unidos da América (EUA) na Cyber Monday de 2011, feito que ganha ainda maior relevo tendo em conta que foi alcançado com apenas quatro anos de existência.

Fique a conhecer um pouco mais sobre este concorrente da Amazon, no artigo que desenvolvemos na edição n.º 21 da Grande Consumo, brevemente a chegar ao leitor.