Huawei apresenta o novo Ascend Mate 7

31 OUTUBRO 2014
A Huawei apresenta o Ascend Mate 7, com um ecrã de 6 polegadas, uma espessura de 7.9mm e uma bateria de 4100mAh que promete durar cerca de dois dias, com uma utilização intensiva.

Com um arquitectura octa-core, o Ascend Mate 7 vem equipado com o processador inteligente HiSilicon Kirin 925 composto por quatro grandes chipsets A15 de 1.8 GHz e quatro pequenos chipsets A7 de 1.3 GHz. “Dependendo das necessidades de energia de uma aplicação específica ou função particular do smartphone, a gestão de utilização dos processadores é feita de forma inteligente para garantir a mais alta performance, com o menor gasto de energia possível”. O smartphone revela ainda, uma nova versão do intuitivo interface da Huawei, o EMUI 3.0.

O Ascend Mate 7 tem tecnologia de acesso por impressão digital. Localizado na parte de trás do aparelho, com apenas 9.16mm x 9.16mm, o leitor suporta até cinco conjuntos diferentes de registos de impressão digital, distribuídos pelos modos normal ou convidado. Tem um rácio de 508PPI "para maior precisão de leitura, para que não seja preciso passar o dedo repetidamente antes mesmo com os dedos molhados ou em condições de chuva fraca". O ARM TrustZone também armazena dados encriptados, no chipset, da impressão digital, para uma melhor proteção.

O ecrã cobre 83% da superfície do equipamento e utiliza tecnologia FHD in-cell LTPS que consome menos energia e revela um rácio de contraste de 1500:1. Tem uma câmara traseira de 13MP, com um sensor de 4ª geração BSI e abertura de f/2.0. A câmara frontal de 5MP adota as lentes asféricas 5P, para uma maior definição e menor distorção de imagem. O Ascend Mate7 estará disponível em duas cores: prateado luar e preto obsidiana.

Para o mercado português, este produto vai ser comercializado a um preço de venda recomendado de 549,90 euros.