Lidl estuda entrar nos EUA

17 JULHO 2013

O Lidl está a estudar a possibilidade de entrar nos Estados Unidos da América e a realizar uma série de análises de mercado, da responsabilidade de alguns dos membros de topo da sua filial da Irlanda.

Os dados deverão estar todos recolhidos antes do final do ano que vem e, segundo o Planet Retail, a partir de 2015 o Lidl poderia começar a sua expansão naquela nova geografia, investindo cerca de 500 milhões de euros.

Nos Estados Unidos, o Lidl terá de contar com a concorrência da Aldi e dos seus mais de 1.500 pontos de venda. Outro operador importante é a cadeia Save-A-Lot, com 1.250 lojas.

A concretizar-se, esta será a primeira aventura do Lidl fora da Europa, mercado onde tem já mais de dez mil lojas em 26 países.