Ramirez constrói nova fábrica em Matosinhos

18 JUNHO 2013

Para assinalar os seus 160 anos, a Ramirez & Cª (Filhos), SA lançará, nas próximas semanas, a primeira pedra da sua nova fábrica, que será construída em Lavra, no concelho de Matosinhos.

Este investimento de 18 milhões de euros permitirá duplicar a capacidade das atuais unidades de Matosinhos e Peniche.

A Ramirez vai também dinamizar uma das 44 bancas do renovado Bom Sucesso. Aí será comercializada a maior gama de conservas do mercado nacional, com 55 referências, das quais 16 de atum, 17 de sardinha, seis de cavala e sete de pescado diverso. “A nossa longevidade empresarial está alicerçada na inovação constante e este projeto do Bom Sucesso configura precisamente um desafio de modernidade que acolhemos com muito carinho”, explica Manuel Ramirez, administrador da empresa.

Fundada em 1853, a Ramirez é a mais antiga produtora mundial de conservas de peixe em laboração. Dá hoje emprego a 220 colaboradores, nas unidades de Matosinhos e Peniche, onde produz 55 referências de conservas de peixe. As suas vendas anuais ronda os 45 milhões de latas e a faturação os 30 milhões de euros.