Comércio eletrónico em Portugal representará 54% do valor do PIB em 2020

18 NOVEMBRO 2014
Em 2020, cerca de 50% dos utilizadores de Internet serão compradores online. Em 2015, esse número já será de 40%. Estas são algumas das concluões do estudo ACEPI/IDC Economia Digital em Portugal 2009-2017, anunciado pela ACEPI – Associação da Economia Digital no Fórum da Economia Digital.

Na sessão de abertura, presidida por Joaquim Pedro Cardoso da Costa, secretário de Estado da Modernização Administrativa, Alexandre Nilo Fonseca, presidente da ACEPI, revelou que a economia digital em Portugal está em franco desenvolvimento, com o comércio eletrónico a valer 49 mil milhões de euros e a representar 31% do PIB. Já existem 7,5 milhões de internautas em Portugal, ou seja, 70% da população, e até 2020 serão nove milhões, 84% da população.

Em 2015, teremos pela primeira vez um gasto médio por utilizador superior a 1.000 euros. O Reino Unido continua a ser o país europeu com valor mais alto com 2.250 euros.Em 2020, o comércio eletrónico B2C será superior a cinco mil milhões de euros e na área B2B/B2G será superior a 85 mil milhões de euros.