Descer preços dos AMOLED é prioridade para os fabricantes

20 JUNHO 2013

A descida dos preços dos televisores AMOLED nos próximos anos é uma prioridade para os fabricantes mas, para tal, estes deverão afinar o ritmo e os custos de produção, revela o último estudo da NPD DisplaySearch.

Os primeiros televisores AMOLED de 55 polegadas já estão no mercado, não obstante o custo destes ecrãs ser muito alto comparativamente com o dos de TFT LCD, o que está a limitar a adoção por parte dos consumidores. As estimativas apontam que o fabrico de um AMOLED seja quase sete vezes maior que o de um LCD.

A rentabilidade do fabrico de televisores AMOLED é inferior à dos TFT LCD, já que os processos ainda não estão maduros. Materiais, depreciação, gastos com pessoal e outros custos estão diretamente relacionados com a produção, pelo que a sua melhoria num curto espaço de tempo é um fator chave para o fabrico de televisores AMOLED competitivos e que possam concorrer com os LCD.

De acordo com o modelo de custos da NPD DisplaySearch, prevê-se que os custos de fabrico dos AMOLED caiam 36% entre o primeiro trimestre de 2013 e o período homólogo de 2014, mas os ecrãs continuarão a custar cinco vezes mais que os LCD. Nas 32 polegadas, o modelo de custos do AMOLED é duas vezes superior ao do LCD.

Com a cortesia da Revismarket.