Preço sobrepõe-se a qualidade nas opções de compra

24 NOVEMBRO 2014
Segundo o estudo TGI da Marktest, é cada vez mais frequente o número de portugueses que afirmam escolher os produtos pelo preço. Pelo contrário, a qualidade motiva um número tendencialmente mais baixo de consumidores.

Esta tendência tem-se acentuado, particularmente, nos últimos seis anos. Se, em 2008, 78% dos inquiridos neste estudo se mostravam motivados pelo preço e 71% pela qualidade, hoje os números são, respetivamente, de 85% e 61%.

Os dados do TGI mostram ainda que a opção pela qualidade é, hoje, sobretudo determinada pela classe social. Na segunda vaga de 2014, enquanto 68% dos indivíduos das classes mais elevadas dizem apenas comprar produtos de boa qualidade, 57% dos indivíduos das classes mais baixas também o referem.