Shoptalk Europe debate o consumo na era de transformação digital

Shoptalk Europe debate o consumo na era de transformação digital

11 OUTUBRO 2017
Anunciada como a nova plataforma europeia para as áreas do retalho e comércio eletrónico, a Shoptalk já arrancou em Copenhaga, na Dinamarca, com uma audiência de 2.250 profissionais.

Este é o primeiro e talvez o último evento europeu, já que no próximo ano o certame será combinado com a versão norte-americana, em Las Vegas, a realizar dentro de 22 semanas.

110 gestores de topo apresentam-se como oradores na Shoptalk Europe, com uma agenda que irá abordar a evolução do modo como os consumidores descobrem e compram nesta era de transformação digital global. Do programa do evento fazem parte temas como as novas tecnologias mais relevantes, as tendências e modelos de negócio mais inovadores e que estão a provocar disrupção no mundo do retalho e do comércio eletrónico. Assim como a possibilidade dada a 15 startups com tecnologias inovadoras se apresentarem perante um painel de investidores e, em sete minutos apenas, entre apresentação e sessão de perguntas e respostas, poderem ganhar um financiamento do valor de 25 mil dólares.

No primeiro dia do evento, destaque para a intervenção de Jerry Storch, da Hudson’s Bay Company, onde defendeu avidamente as lojas “bricks and mortars” ao dizer que o seu negócio está a evoluir à velocidade da luz para potenciar o envolvimento com o consumidor através de novas tecnologias concebidas para concorrer com o online.

Portugal esteve representado com gestores de topo da Sonae na audiência, que assistiram à participação de Christine Cross, membro do Conselho de Administração do grupo retalhista português, num painel de debate sobre inovação e crescimento. A gestora abordou a necessidade dos CEOs modernos reunirem quatro características fundamentais: o foco no cliente, coragem, liderança colaborativa e um entendimento dos “quês” e dos “comos”. Aludindo à estratégia de inovação da Sonae, Christine Cross defendeu a necessidade de se criarem mais incubadoras fora da organização.

A portuense Inovretail esteve também no primeiro dia do certame a explicar o seu mantra “You own the data. We turn it into action”. A empresa, que já conta com a Sonae, Nos, Makro e Cork Supply entre os seus clientes, está a apostar na sua expansão internacional.

O certame prossegue com intervenções da Amazon, eBay e Alibaba.