CEO do Carrefour contra abertura dos hipermercados ao domingo

10 DEZEMBRO 2014
O CEO do Carrefour, Georges Plassat, manifestou a sua oposição à abertura dos grandes hipermercados em França ao domingo. Em contrapartida, apoiou essa possibilidade para os pontos de vendas alimentares mais pequenos e localizados em centros urbanos, em declarações à rádio Inter.

O Governo francês está a levar a cabo uma série de reformas para impulsionar o crescimento económico, entre as quais uma alteração às restrições ao funcionamento ao domingo. O ministro da Economia, Emmanuel Macros, deverá apresentar a legislação esta semana, que permitirá que as lojas abram até 12 domingos por ano, face aos cinco atualmente permitidos, com uma maior flexibilidade nas zonas turísticas. Enfrenta, contudo, a oposição dos sindicatos e, em alguns casos, de gestores da área do retalho, que temem que os custos sejam superiores aos lucros decorrentes da abertura aos domingos.