Vinhos do Tejo com crescimento de 6% no mercado nacional

11 DEZEMBRO 2014
Os Vinhos do Tejo cresceram, segundo dados Nielsen relativos ao mercado nacional para o ano móvel setembro 2013 – setembro 2014 (em comparação com o período homólogo anterior), mais de 6%, o correspondente a um volume de vendas superior 4,6 milhões de litros.

Os resultados apresentados pelos vinhos desta região no mercado português contrariam a tendência de grande parte da produção nacional.

A CVR Tejo recorda que, no mercado internacional o desempenho tem sido, também, muito positivo, com um crescimento de 80% desde 2008 até ao momento.

É em território nacional que decorre a última campanha do ano dos Vinhos do Tejo, nas cadeias de distribuição Continente e Pingo Doce, nos fins-de-semana de 12 e 13 e de 19 e 20 de dezembro.

Com esta ação o consumidor português vai ter a oportunidade de provar várias referências de produtores como Adega Cooperativa do Cartaxo, Adega Cooperativa de Almeirim, Casa Cadaval, Casal da Coelheira, Enoport, Falua, Fiuza & Bright, Parras, Quinta da Alorna, Quinta do Falcão e Quinta do Côro.

A procura dos nossos vinhos aumenta ano para ano e esta é também uma oportunidade de irmos ao encontro dos nossos consumidores e dar-lhes a provar e conhecer novas colheitas”, avança João Silvestre, diretor geral da CVR Tejo.

A destacar ainda que, em 2014, a CVR Tejo investiu 1 milhões de euros na promoção dos vinhos da região, nos mercados nacional e internacional.