Lidl tem “projeto verde” para a nova sede em Sintra

3 JULHO 2013

No ano em que celebra o seu 18.º aniversário, o Lidl lançou a primeira pedra daquele que vai ser o novo edifício da sua sede em Portugal. Localizada em Sintra, a nova sede é um “projeto verde” que vai usar os recursos da natureza como principal fonte de energia.

Com este eco projeto, cujo orçamento ronda os 15 milhões de euros, o Lidl pretende obter uma excelente classificação ambiental, não só no que se refere à utilização das energias renováveis mas, também, ao tratamento de resíduos e à organização dos espaços verdes. Prova disso é o facto da construção começar pelos espaços verdes e não pelo betão.

O novo edifício, onde vão trabalhar cerca de 250 colaboradores dos serviços centrais, vai ficar localizado num terreno contíguo ao da atual sede, com 42.000 metros quadrados e com uma área de escritórios de cerca de 10 mil metros quadrados. As obras de construção agora iniciadas deverão estar concluídas até ao fim do próximo ano. Para o presidente da Câmara Municipal de Sintra, Fernando Seara, “o projeto representa um desafio para a Administração Pública portuguesa, que tem de ser célere no desbloqueamento de burocracia, por forma a facilitar o investimento estrangeiro em Portugal”.

A nova sede foi pensada de forma a reforçar o bem-estar e o conforto dos colaboradores. Por isso, integra uma vasta área de lazer para uso exclusivo dos funcionários. Para o administrador do Lidl responsável pela Área de Infraestruturas, Aquisição de Bens e Serviços e Logística, Milton Rego, "este investimento num edifício verde reflete a aposta da cadeia na sustentabilidade ambiental e na satisfação e conforto dos colaboradores”.

Desde 1995, data da abertura das primeiras lojas do Lidl em Portugal, o grupo já investiu mais de mil milhões de euros no país. Durante este ano, prevê investir mais 45 milhões de euros (o que representa um aumento de 25% comparativamente ao ano anterior) e criar ainda 60 novos postos de trabalho. Este investimento, onde se inclui parte da construção da nova sede, será também aplicado para o melhoramento, renovação e ampliação do atual parque de lojas Lidl e respetivas infraestruturas logísticas.