Pescanova perde clientes de marca própria

Pescanova perde clientes de marca própria

6 JANEIRO 2015
A Pescanova viu-se obrigada a deixar de fornecer os produtos fabricados pela sua filial Frinova, por não conseguir ajustar os preços ao exigido pelo Carrefour, Lidl e DIA, avança o jornal Voz de Galicia.

A empresa pesqueira admite que nos últimos meses perdeu alguns contratos de produção de MDD para grandes superfícies mas considera este tipo de contratos de erráticos, dada a sua irregularidade na faturação. O grupo explica que na base desta perda de contratos está a incapacidade de, “pela sua estrutura de custos, aceitar as descidas de preços solicitadas por estes clientes”.

Esta situação refletiu-se na redução da faturação da Frinova em 15%, que terá de ajustar os níveis de produção, suspendendo a atividade durante 21 dias para escoar o stock de produtos que não foi comprado pelas grandes superfícies. A Frinova é a empresa líder em Espanha na preparação de produtos à base de peixe e faturou, no ano passado, 41 milhões de euros.

De acordo com o Voz de Galicia, não obstante, os principais contratos com clientes de marca própria mantém-se, assim como o fabrico de produtos da marca Pescanova que, segundo a empresa, “são os mais importantes”.