Linde apresenta equipamentos com proteção ATEX

15 JANEIRO 2015
A Linde apresenta os novos porta-paletes elétricos Linde T16 EX - Linde T20 EX e o preparador de encomendas de nível médio V10 EX com proteção ATEX, para as zonas 2/22, que cumprem com as normas de segurança mais restritivas.

Sempre que exista um risco de explosão na atmosfera, mesmo que seja por um breve período, devem utilizar-se equipamentos com proteção ATEX para evitar situações de ignição produzidas por superfícies quentes, faíscas ou eletricidade estática. Os fabricantes e as empresas que as utilizam devem respeitar uma grande variedade de diretivas e normas que conformam a base legal correspondente. Entre as mais destacadas encontram-se a diretiva europeia 94/9/CE relativa às máquinas para atmosferas explosivas (ATEX 95), que será substituída pela diretiva 2014/34/UE nos próximos dois anos, assim como o Decreto Lei 236/2003 de aplicação obrigatória em Portugal. Esta última norma discrimina áreas em risco de explosão por zonas de acordo com a probabilidade de desenvolvimento de uma atmosfera potencialmente explosiva”, explica a marca em cominucado.

Como uma resposta às necessidades dos seus clientes, a Proplan Transport-und Lagersysteme GmbH (Proplan), filial da Linde Material Handling e fabricante de equipamentos com proteção ATEX, amplia a sua gama de modelos antideflagrantes para as zonas 2/22. Entre os novos modelos da gama, incluem-se os porta-paletes elétricos Linde T16 EX - Linde T20 EX com capacidade de carga entre 1,6 e 2,0 toneladas, assim como o preparador de encomendas de nível médio V10 EX, que oferece uma capacidade de carga de uma tonelada.