Início positivo de exercício para o Grupo Metro

15 JANEIRO 2015
O grupo de distribuição alemão Metro registou vendas de 18,3 mil milhões de euros no primeiro trimestre do seu ano fiscal de 2014/2015, o que representa um aumento de 2,1% em termos comparáveis em relação ao mesmo período do ano passado. Em termos absolutos, no entanto, representa um decréscimo de 2,1%.

Por divisão, o Metro Cash & Carry faturou 8.200 milhões de euros nos primeiros três meses do seu ano fiscal, ou seja, 1,4% mais em superfície comparável. As vendas da Media-Saturn, por sua vez, atingiram 6.900 milhões, um aumento de 3,8% em valores “like-for-like”.

Quanto aos hipermercados Real, o seu volume de negócios foi de 2.200 milhões de euros (+ 0,9% comparável), enquanto a Galeria Kaufhof caiu em 1,4%, para 1.000 milhões de euros.

No primeiro trimestre, o Grupo Metro abriu um total de 23 novas lojas em sete países, nove das quais correspondem à cadeia Metro Cash & Carry, 13 à Media-Saturn e uma à Galeria Kaufhof. Destas aberturas, 14 ocorreram na Rússia e na China.