Coca-Cola Iberian Partners tenta chegar a acordo com os trabalhadores

15 JANEIRO 2015
Víctor Rufart, diretor geral da Coca-Cola Iberian Partners, escreveu uma carta aos seus trabalhadores no sentido de chegar a um acordo para pôr fim ao Expediente de Regulação de Emprego (ERE), procedimento contemplado na legislação espanhola mediante o qual uma empresa pode obter autorização para suspender ou despedir trabalhadores.

Nesta carta, Víctor Rufart destaca que "o objetivo continua a ser alcançar um acordo favorável com os trabalhadores afetados, que possa dar fim a um processo judicial de consequências incertas e cuja prolongação no tempo não convém a nenhuma das partes”.

A empresa assinala que o ERE foi a decisão mais difícil que teve de ser tomada no âmbito do processo de integração, sublinhando, no entanto, que eram “medidas necessárias”. Assim se entende, segundo o gestor, a oferta, desde o início, de "um posto de trabalho para todos aqueles que quisessem fazer parte do novo projeto” e as “condições económicas benéficas em relação a outros processos similares e muito superiores ao que está contemplado na atual legislação”.

 O diretor geral da Coca-Cola Iberian Partners aposta no crescimento da empresa este ano, assumindo o desafio de ter de dar uma resposta às especificidades de cada mercado, canal e ocasião de consumo.