Carrefour condenado a pagar 800 mil euros ao Intermarché

Carrefour

23 JANEIRO 2015
O tribunal comercial de Paris condenou o Carrefour a pagar 800 mil euros ao Intermarché, no seguimento de um processo de publicidade comparativa, considerada desleal.

O caso remonta a 2013 e os oito spots publicitários visavam demonstrar que o Carrefour era 9% a 12% mais barato que o Intermarché.

Os spots foram difundidos no âmbito da campanha “Garantia do Preço mais baixo no Carrefour”. Segundo a revista LSA, visavam responder, sobretudo, ao E.Leclerc, cujo site Quiestlemoinscher.com colocava o Carrefour sistematicamente como o operador de retalho mais caro. O Intermaché não gostou ver-se envolvido nesta polémica comparação de preços e processou o Carrefour exigindo prova das alegações feitas nos spots.

De acordo com o tribunal, na sentença proferida a 31 de dezembro passado, o Carrefour não respeitou o código do consumo que rege a publicidade comparativa, tendo de indemnizar o Intermarché em 800 mil euros, abaixo dos três milhões inicialmente pedidos por este grupo de retalho.