Profissionais de Retalho estão entre os mais dispostos a mudar de emprego este ano

27 JANEIRO 2015
A Hays apresenta o seu Guia do Mercado Laboral 2015, uma análise das tendências do mercado de trabalho qualificado em Portugal. De acordo com a edição deste ano, 77% dos profissionais de Retalho consideram mudar de emprego em 2015. Estes profissionais estão, no entanto, entre os mais satisfeitos com o seu pacote salarial atual – apenas 39% se dizem insatisfeitos, um valor bastante abaixo da média geral, que se situa nos 48%.

Segundo os profissionais de Retalho inquiridos, o plano de carreira, a oferta salarial e um bom ambiente de trabalho são os fatores mais importantes na avaliação de um potencial empregador.

O Guia releva ainda que a abertura de novas lojas de proximidade e o surgimento de novas insígnias de Restauração/Retalho Alimentar farão aumentar a procura por profissionais de gestão de loja este ano, sobretudo os que apresentem disponibilidade geográfica nacional.

Benefícios mais desejados pelos profissionais de Retalho, características mais valorizadas num manager/chefia e disponibilidade para trabalhar no estrangeiro são outros dos dados apresentados nesta edição do Guia do Mercado Laboral.

Outra conclusão do Guia do Mercado Laboral 2015 afirma que 70% dos empregadores a atuar em Portugal pretendem contratar mais colaboradores este ano, e que os perfis mais procurados serão os Comerciais, de Engenharia e de TI. A percentagem de profissionais qualificados que consideram mudar de emprego caiu para 75% (no ano anterior situava-se nos 83%). As empresas da região Norte, Centro ou Sul têm preferências de recrutamento diferentes. E também a dificuldade em encontrar os profissionais certos já levou 46% das empresas a contratar pessoas menos adequadas para a função.