Mais um histórico do retalho eletro fecha portas

4 FEVEREIRO 2015
É mais um histórico do retalho mundial de eletrónica de consumo que se prepara para fechar portas. A quase centenária cadeia norte-americana RadioShack vai vender metade das suas lojas à Spring e fechar as restantes, avança o Bloomberg.

Os ativos vendidos à operadora móvel irão funcionar sob a insígnia Spring, o que significa que o nome RadioShack irá desaparecer, caso o acordo seja alcançado. A liquidação das lojas permitirá à RadioShack evitar uma batalha legal com os seus credores pelo controlo da empresa. Atualmente, a cadeia norte-americana possui mais de quatro mil lojas no mercado norte-americano.

No entanto, foi colocado na mesa das negociações a possibilidade de se fazer “co-branding” das insígnias e não está ainda posta de parte a eventualidade de surgir uma nova oferta de compra para a RadioShack que permite à insígnia manter-se em funcionamento.

Um dos nomes avançados pelo Bloomberg é o da Amazon, citando fontes próximas do processo. De acordo com a agência financeira, a Amazon estaria interessada em fazer destas lojas um showroom para os seus produtos de hardware, assim como potenciais pontos de recolha e de devolução das encomendas. Caso se viesse a concretizar, representaria o maior investimento da Amazon no retalho tradicional e colocariam a “gigante” do comércio eletrónico numa situação de maior equilíbrio face à Apple.

Com a cortesia da Revismarket.