Unitel entra em funcionamento em São Tomé e Príncipe

22 MAIO 2014
A operadora móvel angolana Unitel entrará em funcionamento em São Tomé e Príncipe esta sexta-feira, dia 23 de maio, através da Unitel-STP, a sua subsidiária naquele país africano.

O anúncio foi feito pelo ministro são-tomense das Telecomunicações, Fernando Maquengo. A inauguração decorrerá num centro de comutação nas imediações da cidade de São Tomé, durante a qual Manuel Pinto Costa, presidente de São Tomé e Príncipe, fará a primeira chamada internacional.

A subsidiária da Unitel Internacional Holding obteve em março passado a segunda licença para operar uma rede de telecomunicações móveis em São Tomé e Príncipe, após o pagamento de uma taxa de funcionamento no valor de 7,5 milhões de dólares. A instalação da Unitel em São Tomé resulta da liberalização, há dois anos, dos serviços de telecomunicações no arquipélago. A empresa de Isabel dos Santos foi a única das sete concorrentes que cumpriu os requisitos técnicos e financeiros para a obtenção da segunda licença de operador de telecomunicações em São Tomé e Príncipe, indo fazer concorrência à Companhia Santomense de Telecomunicações, participada pelo grupo Portugal Telecom.

A Unitel surge como o segundo investimento angolano em São Tomé e Príncipe, depois da Sonangol.