“A Ferrero não está à venda”

Ferrero

24 FEVEREIRO 2015
A Ferrero não está e não estará à venda”, afirmou categoricamente Giovanni Ferrero, presidente da empresa e filho do fundador, para colocar um ponto final na especulação gerada sobre a potencial venda do quarto maior produtor mundial de confeitaria.

Os rumores começaram a circular quando, após o recente falecimento, aos 89 anos de idade, de Michele Ferrero, criador de um império composto por marcas como Nutella, Kinder e Ferrero Rocher, entre outras, Warren Ackerman, analista da Societé Generale avançou a hipótese do grupo estar aberto a ofertas de compra.

Esta não é, de resto, a primeira vez que essa possibilidade é enunciada, mas foi sempre negada pelo grupo italiano. Em outubro de 2013, a Nestlé terá feito uma oferta pela Ferrero, desmentida pela empresa que reiterou, também na altura, “não estar à venda”.

A Ferrero é o quarto maior fabricante mundial de produtos de confeitaria, com uma quota de 5%, seguindo-se à Mondelèz, Mars e Nestlé, segundo dados da Euromonitor International.