Vendas de bens de grande consumo recuperam em janeiro

25 FEVEREIRO 2015
Os bens de grande consumo recuperam vendas em janeiro, registando um crescimento de 0,4%, de acordo com os recentes dados da análise Nielsen Scantrends BGC Portugal, relativos ao período entre 29 de dezembro e 25 de janeiro de 2015.

O crescimento deve-se às marcas de fabricante, que cresceram 1,8%, já que as marcas da distribuição continuaram a perder vendas (-2%).

Apesar de praticamente não crescer (+0,1%), a alimentação registou a melhor evolução dos últimos meses, com as marcas de fabricante a apresentarem-se dinâmicas (+1,9%) e as MDD+PP a perder (-2,3%).

As bebidas passaram a crescer (+0,5%), via marcas de fabricante, que invertem a tendência negativa (+1,8%), enquanto  as marcas da distribuição mantiveram perdas (-4,8%), num período que inclui a passagem do ano.

A higiene do lar foi novamente a categoria mais dinâmica (+3,5%), impulsionada pelas marcas de fabricante (+4,8%) e com as MDD+PP a recuperarem ligeiramente (+0,7%).

Por sua vez, a higiene pessoal acentuou a tendência de decréscimo (-0,3%). As marcas de fabricante cresceram 1%, enquanto  as marcas da distribuição continuaram a perder (-0,7%).