Consumidores comparam preços das lojas físicas com os das lojas online

9 MARÇO 2015
De acordo com o estudo GfK, quatro em cada 10 compradores utilizam os telemóveis dentro das lojas físicas para comparar preços com os das lojas online. Além disso, mais de um terço tira fotos dos produtos que quer comprar e quatro em cada 10 contactam amigos ou familiares para se aconselharem antes da compra.

Este comportamento deve-se ao facto de a esfera online se caraterizar pelo acesso imediato à informação, sendo que atualmente os consumidores estão a levar esta forma de estar para o interior das lojas físicas.

Nos 23 países analisados, a GfK verificou que os homens (42%) superam as mulheres (37%) no uso do telemóvel dentro de uma loja para comparar preços. A faixa etária mais ativa é a dos compradores com idade compreendida entre os 20-29 anos, com quase metade (49%), seguidos das idades entre 15-19 e 30-39, ambas a 45%.

Os consumidores da Coreia do Sul, China e Turquia são os mais adeptos a comparar preços na loja através dos seus telefones, com 59%, 54% e 53%, respetivamente, assumindo que o fazem regularmente. Já os consumidores na Ucrânia, África do Sul e Índia são os menos propensos a participar nesta atividade, situando-se em apenas 11%, 15% e 17% respetivamente.