Morrisons cobra custos de aprovação aos fornecedores

27 MAIO 2014
A Morrisons vai começar a cobrar aos fornecedores para cobrir os custos de aprovação de produtos de marca própria e assegurar a sua conformidade com a legislação pertinente do Reino Unido e na União Europeia, relata o The Grocer.

Numa carta enviada aos fornecedores, Casper Meijer, diretor de Trading do Grupo Morrisons, disse que o supermercado empregava uma equipa de profissionais de normas técnicas e comerciais para garantir que não hajam problemas legais com produtos recém-lançados. A partir do dia 30 de julho será cobrada aos fornecedores uma taxa por este serviço. "Esta fase de aprovação é intrínseca ao nosso processo de desenvolvimento de produtos e fornece claro benefício para os nossos fornecedores em termos de identificação de potenciais problemas de conformidade legal", disse Casper Meijer.

O investimento atual no preço é, evidentemente, o que levou alguns dos principais retalhistas do Reino Unido, como a Morrisons, a procurar outras maneiras de melhorar as suas margens. Os fornecedores são um alvo óbvio para recuperar os lucros perdidos. Entretanto, ações como esta têm o potencial de impactar as margens e os lucros dos fornecedores.