Vendas da Henkel crescem 0,4% em 2014

Henkel

10 MARÇO 2015
As vendas da Henkel totalizaram 16.428 milhões de euros em 2014, num crescimento de 0,4% em termos absolutos. Excluídos os efeitos do câmbio, o aumento foi de 4,4% e, do ponto de vista orgânico, as vendas aumentaram 3,4%.

Todas as divisões encerraram o ano de 2014 com as vendas a crescerem em termos orgânicos e com aumentos de quotas de mercado. O maior crescimento foi protagonizado pela divisão de Laundry & Home Care, cujas receitas aumentaram em termos orgânicos 4,6% para os 4.626 milhões de euros, seguindo-se a divisão de Adhesive Technologies, que cresceu 3,7% para os 8.127 milhões de euros, e a divisão de Beauty Care, com um aumento de 2% para os 3.510 milhões de euros.

Por regiões, a Europa Ocidental viu as vendas crescerem 1,7%, para os 5.724 milhões de euros, enquanto a Europa de Leste aumentou 4,5%, para os 2.854 milhões de euros. Destaque para o desempenho da região de África e Médio Oriente, cujas vendas cresceram, em termos orgânicos, 16,9% para os 1.133 milhões de euros, da região Ásia-Pacífico, que evoluiu 8,2% para os 2.676 milhões de euros, e dos mercados emergentes, que aumentaram 7,8% para os 7.249 milhões de euros. As receitas também melhoraram na América Latina, cerca de 4,4%, para os 1.029 milhões de euros, mas caíram 2,9% na América do Norte, para os 2.884 milhões de euros.

2014 foi um ano satisfatório para a Henkel. Num ambiente difícil e de intensa concorrência, alcançámos os nossos objetivos financeiros e fizemos grandes avanços na implantação da nossa estratégia em 2016”, sublinha Kasper Rorsted, presidente do Conselho de Administração da Henkel. Para 2015, a empresa prevê um crescimento orgânico das vendas entre 3% e 5%.