Rewe prepara-se para a concorrência da Amazon no mercado alimentar alemão

Rewe

23 MARÇO 2015
A Rewe vai fazer investimentos importantes na sua divisão de comércio eletrónico para se preparar para a concorrência da Amazon no mercado alimentar alemão, com o seu serviço Amazon Fresh.

Numa entrevista à Reuters, Alain Caparros, CEO da Rewe, reconhece que o grupo não espera gerar lucros a curto prazo no negócio online, mas que está atenta à evolução dos clientes, que exigem maior simplicidade. “O cliente online é a nossa oportunidade para liderarmos o mercado alemão”, avança.

O comércio de produtos alimentares pela Internet na Alemanha ainda não descolou como as vendas online de livros, electrónica e vestuário, que estão em crescimento. Não obstante, um estudo da A.T. Kearney revela que 38% dos alemães compraram produtos alimentares pela Internet em 2014, valor que cresceu face aos 27% de 2013 e aos 18% de 2011.

De acordo com a consultora, o comércio eletrónico irá representar 3% do mercado total de bens de grande consumo germânico, o que corresponde a cinco milhões de euros. A anunciada chegada do serviço Amazon Fresh representará, no entender de Alain Caparros, “um grande Big Bang”, motivo pelo qual a Rewe irá investir na expansão do serviço de entregas de produtos alimentares.