Bens de grande consumo crescem 5%

3 JUNHO 2014
Os bens de grande consumo cresceram 5% entre 24 de março e 20 de abril. Em 2013, este período incluiu a semana da Páscoa (semana 13) e 2014 (semana 16), segundo o Scantrends BGC Portugal da consultora AC Nielsen.

Apesar das marcas da distribuição recuperarem vendas (1,5%), as marcas de fabricante foram mais dinâmicas (6,9%). Entre as categorias, destaque para a alimentação com um crescimento de 5,9% no período analisado. Também aqui as MDD melhoraram a sua tendência em 2,8% e os fabricantes registaram o maior crescimento do ano (8,1%).

As bebidas continuaram a crescer (5,5%), com as marcas de fabricante a intensificarem os ganhos de vendas (7,5%) enquanto as marcas de distribuição registaram perdas de 2,6%.

Já as categorias de higiene abrandaram o crescimento, que se situou nos 4% no caso da higiene do lar, ao passo que a higiene pessoal perdeu 0,3%. Na higiene do lar, manteve-se a tendência de dinamismo das marcas de fabricante, que cresceram 6,6% face à perda de 0,4% das MDD e primeiro preço. Na higiene pessoal, por seu turno, as marcas de fabricantes desaceleraram crescimento (0,9%) enquanto que as MDD+PP perderam vendas (-4,2%).