Fusão da Heinz com a Kraft cria quinto maior grupo alimentar do mundo

Heinz e Kraft

25 MARÇO 2015
Está criado o quinto maior grupo mundial da indústria alimentar, a partir da fusão das multinacionais norte-americanas Heinz e Kraft Foods, num negócio avaliado em 46 mil milhões de dólares.

A nova empresa The Kraft and Heinz Company converte-se, também, no terceiro maior operador norte-americano, com vendas anuais estimadas em aproximadamente 28 mil milhões de dólares, oito marcas a faturarem mais de mil milhões de dólares e outras cinco com um volume de negócios entre os 500 e os mil milhões de dólares.

O processo de fusão foi liderado pela 3G Capital, fundo brasileiro de investimentos proprietário da Heinz, e pela Berkshire Hathaway do multimilionário Warren Buffett, que possuirão 51% da nova empresa, com os restantes 49% a serem detidos pela Kraft Foods. A combinação das duas empresas irá unir dois portfólios de marcas reconhecidas, incluindo Heinz, Kraft, Oscar Mayer, Ore-Ida e Philadelphia, de natureza complementar o que, segundo ambas, “apresenta substanciais oportunidades para sinergias, que resultarão dos investimentos crescentes em marketing e inovação”.

Na opinião de Lianne van den Bos, consultora na área alimentar da Euromonitor International, com esta fusão, a Kraft e a Heinz irão assegurar uma grande quota em categorias estratégicas como os lacticínios, alimentos processados, molhos e condimentos. “Estes são mercados maduros, que apresentam baixas taxas de crescimento à medida que atingem o ponto de saturação comparativamente a categorias mais dinâmicas como os alimentos para bebés. Nesse sentido, a aposta será na redução de custos, assim como na melhoria das margens, criando uma organização mais eficiente, à semelhança do que a 3G fez com a Heinz no passado”. A empresa espera reduzir os custos em 1,5 mil milhões de dólares ao ano no final de 2017.

A nova empresa será liderada por Alex Behring, presidente da Heinz. John Cahill, atual presidente da Kraft Foods, será o vice-presidente, e Bernardo Hees, atual diretor executivo da Heinz, assumirá o mesmo cargo na The Kraft Heinz Company.