Um quinto dos portugueses não faz qualquer controlo do seu orçamento

Dinheiro

27 MARÇO 2015
20% dos consumidores não fazem qualquer gestão do seu orçamento familiar, segundo o estudo Cetelem sobre a literacia financeira dos portugueses.

Face a 2014, verifica-se um aumento muito significativo deste aspeto, uma vez que, no ano passado, apenas 2% dos inquiridos confessavam não controlar os seus ganhos e os seus gastos.

A análise mostra, ainda, que a consulta do extrato bancário continua a ser a forma de controlo preferida dos portugueses (61%). Face aos anos anteriores, verifica-se um aumento de consumidores a recorrer à ajuda do seu gestor de contas. Atualmente, 7% dos consumidores dizem optar por esse método, mais do que em 2013 e 2014, quando eram apenas 2%. Pelo contrário, a utilização de uma tabela de controlo de gastos perdeu adeptos, tendo passado dos 21% no ano passado para os atuais 7%. O recurso a ferramentas de check up financeiro permanece residual: menos de 1% dos consumidores usa esse método.