Angola suspende temporariamente restrições à importação de produtos alimentares

Angola suspende temporariamente restrições à importação de produtos alimentares

30 MARÇO 2015
O Governo angolano suspendeu temporariamente os limites às importações de vários produtos alimentares. Segundo o Público, a decisão teve o envolvimento do esforço diplomático de Portugal e da Organização Mundial do Comércio.

Luís Miguel Santos Moura, delegado da AICEP em Angola, confirmou a suspensão das quotas de importação, mas sublinhou que não se sabe por quanto tempo nem se será substituída por outra medida. Recorde-se que, desde janeiro, vigorava um decreto-executivo que impunha restrições às importações de produtos básicos e bebidas, num incentivo à produção local e à diminuição do impacto da utilização de divisas para compras ao estrangeiro.

A suspensão está, no entanto, a gerar algumas dúvidas. De acordo com o Ver Angola, na semana passada, a ministra do Comércio angolana, Rosa Pacavira, afirmou que a atividade de importação estava restrita e que os importadores se teriam de adaptar à nova lei.