Dificuldades da Alisuper poderão levar a maior consolidação no retalho português

Dificuldades da Alisuper poderão levar a maior consolidação no retalho português

30 MARÇO 2015
O projeto de recuperação da Alisuper está em dificuldades. O que poderá levar a um novo movimento de consolidação no retalho português, segundo uma nova nota de “research” do BPI.

Resgatada da insolvência pelo empresário José Nogueira em 2012, a Alisuper conta com mais de meia centena de supermercados de pequena e média dimensão concentrados na região do Algarve. Em declarações ao Expresso, o empresário confirmou o impacto negativo da sazonalidade do turismo nas vendas das lojas naquela região, que está a contribuir para os problemas financeiros da empresa, com atrasos de pagamentos aos colaboradores e fornecedores e consequente limite nos abastecimentos.

Segundo José Nogueira, a solução poderá passar por abrir algumas lojas no norte do país, algo que o BPI acredita que aconteça apenas se forem fechadas algumas lojas no sul. A nota de “research” citada pela Reuters indica, assim, que estas “dificuldades de curto prazo poderão levar a alguma consolidação no mercado”, onde Jerónimo Martins e Sonae se perfilam como líderes indiscutíveis.

De acordo com o BPI, as vendas da Alisuper terão crescido para 30 milhões de euros em 2014, mais 2,5 milhões que no exercício anterior.