Vista Alegre distinguida com dois Red Dot Design Awards 2015

10 ABRIL 2015
“Plissé” e “Orquestra” conquistaram o júri do Red Dot Award: Product Design 2015, o prémio de design internacional que comemora este ano a sua 60ª edição.

Orquestra, o serviço criado pela dupla de designers David Raffoul e Nicolas Moussallem, que em janeiro passado conquistou o prémio de design da prestigiada revista Wallpaper, volta a destacar-se com a atribuição do selo Red Dot Design Award. Criado no âmbito do IDPpool – o projeto da Vista Alegre que integra jovens criativos de todo o mundo, em equipas criativas na fábrica em Ilhavo –, Orquestra conjuga diferentes padrões de linhas geométricas, recriando a complexidade da harmonia musical. Cada linha, na sua diferente direção e densidade, reflete a disciplina necessária para executar uma sinfonia.

“Plissé”, a coleção de três caixas que representam a aliança perfeita das técnicas de porcelana e do cristal, também conquistou o tão desejado selo de qualidade Red Dot. A delicadeza das formas fluídas -conseguidas através de um processo de fabrico inovador, fruto do savoir faire técnico e artístico da Vista Alegre Atlantis –resultam em três peças de incomparável requinte, desenvolvidas pela equipa de design interna da marca.

Grandes nomes do design contemporâneo, da pintura, escultura, arquitetura, literatura e outras formas de arte têm emprestado o seu talento a muitas criações da Marca. Siza Vieira, Joana Vasconcelos, Patrick Norguet, Malangatana, Sempé, Karim Rashid, Brunno Jahara, Carsten Gollnick, Sam Baron e a marca francesa Christian Lacroix são alguns dos artistas que se associaram à Vista Alegre.

Para Nuno Barra, Diretor de Marketing e Design Externo da Vista Alegre Atlantis, “esta distinção comprova a vitalidade e o potencial da Vista Alegre Atlantis, resultado de um ambicioso plano que visa levar as suas criações a novas geografias, lançando peças extraordinárias com um design reconhecido como um dos melhores da atualidade e marcando de forma decisiva as tendências do sector a nível internacional”.