Nestlé Portugal reduz pegada ecológica

Nestlé Portugal reduz pegada ecológica

21 ABRIL 2015
Mais de 7 milhões de euros investidos em infraestruturas de Sustentabilidade Ambiental permitiram à Nestlé Portugal, SA, obter uma poupança significativa em diversas frentes, nos últimos cinco anos: resíduos enviados para aterro (-66%), consumo de energia (-7,2% por tonelada de produto terminado), consumo de água (-20,8% por tonelada de produto terminado) e redução, em cerca de 43,6%, das emissões diretas de gases com efeito de estufa.

Entre 2010 e 2014, a Nestlé investiu mais de 7 milhões de euros em infraestruturas de ambiente em Portugal, projeto que integra o compromisso de Sustentabilidade Ambiental e Responsabilidade Social Corporativa da empresa. Graças a estes investimentos, a Companhia economizou mais de 20% no consumo de água (por tonelada de produto terminado) em todas em fábricas do país, com destaque para a fábrica dos Açores, na qual já conseguiu reduzir o consumo de água para 33% e eliminar por completo a utilização de água salgada, com a instalação do novo sistema de refrigeração, em funcionamento desde outubro de 2014. Um projeto que continuará a dar os seus frutos ao longo do presente ano.

Quanto ao consumo de energia, a Nestlé reduziu, no mesmo período, 7,2% por tonelada de produto terminado nas três fábricas portuguesas e diminuiu em 66% os envios de resíduos para aterro. Através de todas estas eficiências, também as emissões de dióxido de carbono diminuíram em 43,6%, em linha com os objetivos nacionais de redução de emissões de CO2 para a atmosfera.

Como reforça Deolinda Nunes, Diretora de Relações Corporativas da Nestlé Portugal, “estes resultados são fruto dos esforços que temos realizado nesta área, intervindo ao longo de toda a nossa cadeia de valor, envolvendo os nossos parceiros, desde o agricultor ao consumidor final. Seguindo sempre as nossas três prioridades de atuação: a Nutrição, a Água e o Desenvolvimento Rural. Um exemplo é a nossa fábrica de Lagoa, nos Açores, que tem desenvolvido vários projetos de economia de água, entre eles um projeto em que a água naturalmente presente no leite é retirada durante o processo de secagem para o fabrico do leite em pó. Posteriormente essa água é utilizada na alimentação das caldeiras e em limpezas intermédias, evitando a captação da rede. Neste processo a Nestlé foi pioneira em Portugal”.

Em 2015, a Companhia prevê realizar mais um investimento de 1,5 milhões de euros em projetos de Sustentabilidade Ambiental. Para a Nestlé a proteção do meio ambiente é uma prioridade e, em especial, a água, cuja utilização deve ser o mais racional possível, quer no seu uso industrial, quer no uso doméstico.