Pescanova perde um dos seus ativos mais valiosos

23 JUNHO 2014
A Pescanova perdeu um dos seus ativos mais valiosos com a venda da sua filial Pesca Chile e das duas unidades de aquacultura de salmão a esta vinculadas, Acuinova e Nova Austral.

Juntas, antes de entrar em perda, estas duas unidades faturavam mais de 200 milhões de euros e eram responsáveis por 30% do EBITDA da Pescanova. Estes ativos deixaram de contar para as contas do grupo em maio de 2013.

A venda destes ativos será de forma faseada e demorará um ano no máximo. A unidade Nova Austral recebeu uma oferta de compra do grupo norueguês Ewos, no valor de 130 milhões de euros.

Os esforços da banca, que assumiu o controlo da Pescanova, estão agora centrados na Acuinova Portugal. A filial portuguesa necessita de refinanciar a sua dívida, próxima dos 200 milhões de euros, para poder manter a sua atividade. O jornal Voz de Galicia adianta que os bancos credores portugueses estão a recusar esta negociação, pedindo a execução e venda dos ativos.